terça-feira, 9 de outubro de 2007

Sabonetes - 6º encontro

Neste dia a prof. Valéria Schier nos ensinou a fazer sabonetes artesanais, para decorar a casa, incrementar o banho, para presentear ou vender.

Materiais básicos:
glicerina (leitosa, transparente ou perolada) a ser derretida
essência
Corante líquido a base de água, o necessário para obter a cor desejada
Álcool de cereais para baixar a espuma e acelerar o procedimento de secagem
Formas de silicone
Lauril

Dicas para confecção de sabonetes
Para derreter a glicerina ou esquentar qualquer outra substância a ser utilizada no sabonete, deve-se usar uma panela esmaltada. Nunca use recipientes de alumínio ou com teflon no preparo do Sabonete. Estes materiais soltam resíduos que alteram o resultado final. A base de glicerina deve ser picada de maneira uniforme. Derreta-a sempre em banho-maria, mantendo o fogo baixo e usando pouca água. Não deixe a glicerina ferver. s Para mexer a glicerina podem ser usados: bastão de vidro, espátula, colher de plástico ou palitos descartáveis de madeira. s Use corante à base de água. Coloque-o aos poucos na glicerina até obter o tom desejado. Utilize sempre essências próprias para sabonete, tomando cuidado com as essências cítricas que podem manchar a pele e com as essências de cravo e canela, que podem irritam a pele. s Ao despejar a base de glicerina nas fôrmas, segure com a colher de plástico a nata que se formou no derretimento. Desta forma ela não cairá na fôrma e o sabonete ficará mais liso. .Para evitar que o sabonete fique cheio de bolhas, borrife álcool de cereais sobre a glicerina assim que despeja-la na forma. Deixe o sabonete secar naturalmente. Não o coloque na geladeira, nem em frente ao ventilador.

Como preparar a base de glicerina no microondas
Corte a base de glicerina e coloque-a num recipiente próprio para microondas. O tempo varia conforme a quantidade de glicerina. Comece com 20 segundos na potência alta e vá repetindo este procedimento até que a base derreta completamente. Retire a glicerina do microondas e acrescente o corante. Verifique a temperatura com o termômetro culinário. Ela deve estar entre 50° e 55°C. Acrescente a essência. Pulverize o álcool de cereais para baixar a espuma. Use a glicerina na forma desejada.

Dicas
1- Desenformar o sabonete:
Retirar as rebarbas que ficam, suavizando as bordas, com uma faca lisa.

2- Embalagem
Embale os sabonetes com o filme plástico puxando as sobras para trás. Finalize colocando etiqueta auto-adesiva com as palavras: Produto Artesanal, ou Sabonetes de Glicerina, ou Feito a Mão, ou, na falta destes, usar um pedaço de durex transparente.

Algumas receitas
* Sabonete de camomila
1-Derreter a base da glicerina transparente, retirar a nata, repartir nos copos individuais, acrescentar o corante, a essência de camomila e misturar um punhado da erva camomila(fitoterápica e desidratada) e despejar suavemente na forma.
2-Derreter a base glicerina leitosa, retirar a nata, repartir nos copos individuais, acrescentar o corante se desejar, a essência de camomila e despejar suavemente sobre a primeira até a borda da forma e borrifar o alcool de cereais.
3-Aguardar no mínimo 30 minutos para desenformar.
4-Aguardar no mínimo 2 horas para embalar.

* Sabonete de maracujá
1-Derreter a base da glicerina transparente, retirar a nata, repartir nos copos individuais, acrescentar o corante, a essência de maracujá e misturar um punhado de sementes da fruta (desidratada) e despejar suavemente na forma e borrifar o alcool de cereais.
2- Aguardar no mínimo 30 minutos para desenformar.
3- Aguardar no mínimo 2 horas para embalar.

* Sabonete mosaico perolado de algas
1- Picar as barras previamente confeccionadas nas cores azul e branco perolado em pequenos pedaços na forma que desejar e disponha os pedaços na sua forminha de sabonetes.
2-Derreter a glicerina transparente, retirar a nata, repartir nos copos individuais, acrescentar a essência de algas e despejar sobre os pedaços, suavemente mexer com a colher a fim de penetrar a glicerina em toda a forma e borrifar o álcool de cereais.
3-Aguardar no mínimo 30 minutos para desenformar.
4-Aguardar no mínimo 2 horas para embalar.

*Sabonete com sabonete aqua fresca
1-Derreter a base da glicerina transparente, retirar a nata, repartir nos copos individuais, acrescentar o corante rosa, a essência de aqua fresca e despeje suavemente uma pequena porção na forminha, o suficiente para cobrir a base, colocar o seu sabonetinho decorativo e derramar a glicerina até a borda da forminha, se necessário ajeitar o sabonetinho, faça-o com a colher e borrife o alcool de cereais.
2-Aguardar no mínimo 30 minutos para desenformar.
3- Aguardar no mínimo 2 horas para embalar.

Fazer sabonete é uma arte.
Os sabonetes comercialmente vendidos são na verdade detergentes sintéticos. Em comparação, o Sabonete Artesanal é a forma pura e verdadeira do sabonete. O sabonete artesanal é macio, rico, envolvente e calmante. Sua espuma é densa e penetrante, ela deixa uma película emoliente na pele tornando-a macia e sensual. Os sabonetes artesanais não contêm detergentes sintéticos nem os conservantes encontrados nos sabonetes comerciais. O uso dessas cargas tem como objetivo prolongar seu prazo de conservação nas prateleiras das lojas. Dos sabonetes comerciais é retirada a glicerina natural, proveniente do próprio processo de fabricação de sabões, roubando do consumidor todos os seus benefícios. A glicerina é um derivado de componentes graxos que elimina a agressividade causada à pele presente nos sabonetes comuns. Usado desde a cosmética antiga, permanecendo até hoje, como elemento de uso obrigatório nas formulações que proporcionam profunda ação hidratante. Os sabonetes de glicerina são sensíveis a calor e luz solar.


Um comentário:

Anônimo disse...

E isso ai mesmo, boa matéria sobre sabonete de glicerina.